Fatos Masculinos
doenças sexualmente transmissíveis - o guia completo

Doenças Sexualmente Transmissíveis: O Guia Completo + Dicas Extras

Doenças Sexualmente Transmissíveis: O Guia Completo + Dicas Extras
4.6 (92.59%) 27 votes

Se o que você procura é uma explicação sensata sobre o que são Doenças Sexualmente Transmissíveis, quais os tipos mais comuns, causas das doenças e algumas explicações a mais sobre o assunto.

Você já pode ficar tranquilo, hoje você conseguirá tirar as suas principais dúvidas sobre as DST.

O que são Doenças Sexualmente Transmissíveis?

Geralmente as doenças sexualmente transmissíveis causam sintomas que simulam os órgãos genitais com sintomas, normalmente visíveis e notáveis, conheça alguns deles abaixo:

  • Pequenas feridas;
  • Dor;
  • Vermelhidão;
  • Corrimento;
  • Inchaço;
  • Dificuldades para urinar;
  • Dor nos atos sexuais.

Normalmente, doenças sexualmente transmissíveis como AIDS ou gonorreia, surgem quando se há relações sexuais sem o uso do preservativo, poderá ser oral, anal ou vaginal. No entanto, as chances são obviamente aumentadas caso a pessoa tenha vários parceiros sexuais seguidamente, dentro do mesmo período de tempo.

Essas doenças causadas na maioria das vezes em atos sexuais, tanto afetam mulheres como homens. Os sintomas e efeitos das doenças sexualmente transmissíveis podem ser diferentes, mas tanto o homem quanto a mulher podem ter o problema.

Forma de Tratamento da DST

Normalmente, para tratamento, os médicos costumam indicar o uso de antifúngicos ou antibióticos em forma de pomadas ou até como comprimidos, levando em conta que a maioria das DST têm cura, salvo nos casos de herpes e AIDS.

Logo a seguir você vai descobrir a formas de tratamento e sintomas das DST, também comumente conhecidas como doenças venéreas ou até mesmo infecções sexualmente transmissíveis.

HPV – Verrugas genitais

O vírus que causa este tipo de infecção é conhecido como papiloma humano (HPV), a textura das lesões que crescem nos órgãos genitais de mulheres ou homens podem ser rugosas ou suaves.

Em termo da coloração das lesões, elas podem variar de acordo com a cor da pele do indivíduo, essas não causam dores mas são contagiosas.

Forma de tratamento

O HPV ou verrugas genitais, como assim também é conhecido não possui cura, o que pode ser feito é um tratamento inibindo o aparecimento das lesões.

O tratamento normalmente é feito através de pomadas tais como:

  • Wartec;
  • Aldara.

Você vai passar sobre as “verrugas”. Lógico que o seu médico é o mais indicado para lhe informar o melhor tratamento possível.

O seu urologista também poderá fazer uma microcirurgia para retirada da verruga visível, cada caso é um caso e precisa ser analisado.

É interessante que você saiba que o uso excessivo de álcool, muito estresse, cansaço elevado e outros problemas como estes podem voltar a desencadear o problema tratado.

Gonorreia

Esta é uma doença causada por bactérias, também chamada e conhecida como esquentamento.

A gonorreia poderá surgir tanto em mulheres como em homens, esta DST é transmitida através do contato íntimo sem proteção, ou até mesmo com o uso de compartilhamento de aparatos sexuais.

A pessoa portadora da gonorreia poderá sentir:

  • Dor ao urinar;
  • Hemorragia vaginal fora da menstruação da mulher;
  • Bolinhas avermelhadas na boca;
  • Corrimento amarelado semelhante ao pus;
  • Dor na região abdominal;
  • Dor durante o contato sexual e outros.

Forma de tratamento

Normalmente o tratamento é feito através do uso de Azitromicina e Ceftriaxona, a doença é grave e existem consequências para quem a tem e não busca uma forma tratamento.

O portador de gonorreia poderá correr risco de vida caso não a trate devidamente, o problema poderá afetar tanto a corrente sanguínea como as articulações do indivíduo.

Clamídia

A DST clamídia é causada por uma bactéria, ela tanto pode contaminar um indivíduo que praticou contato íntimo desprotegido ou também no caso de compartilhamento de brinquedos sexuais.

A clamídia poderá causar vermelhidão nos órgãos genitais, corrimento amarelado e um pouco mais grosso, dor durante os atos sexuais e dor na pélvis.

Algo perigoso da clamídia é fato de que a doença muitas vezes poderá não apresentar quaisquer sintomas.

Formas de tratamento

O tratamento da clamídia, normalmente é feito através do uso de antibióticos.

Os mais comuns são a Doxiciclina e a Azitromicina.

Tricomoníase

Um parasita é o causador da tricomoníase. Esse mesmo é capaz de causar sintomas como corrimento verde-amarelado ou acinzentado.

Os corrimentos costumam vir seguidos de mau cheiro, realmente forte e desagradável, além do líquido ser um pouco espumoso.

A pessoa portadora de tricomoníase poderá ter vermelhidão no local seguida de inchaço na região genital.

Saiba a diferença dos sintomas de tricomoníase no homem e na mulher.

Este tipo de DST não é muito comum e sua forma de transmissão também é um pouco distinta.

Uma pessoa pode pegar o parasita através de toalhas úmidas, uso de jacuzzi, banho e outros.

Formas de tratamento

A infecção é pouco comum e também pode ser transmitida pelo compartilhamento de toalhas úmidas, banho ou uso de jacuzzi e o tratamento é feito com a toma de Metronidazol.

A principal forma de tratamento principal é feita através do uso de Metronidazor ou Tioconazol, esses que são antibióticos e deverão ser tomados por 5 a 7 dias em média.

Caso não seja feito nenhum tratamento no paciente portador deste tipo de infecção, outras poderão aparecer, além de partos prematuros e do desenvolvimento de uma futura prostatite.

Herpes genital

A herpes genital é uma das doenças mais comuns e facilmente transmissíveis, ela é causada pelo vírus do herpes labial.

Alguns dos sintomas são:

Pequenas bolinhas vermelhas na pele muito perto uma das outras, nelas existe um líquido com o vírus, este poderá ser de cor amarelada.

Essas bolinhas podem causar coceira, principalmente no anus, órgãos genitais e coxas.

Além desses sintomas o portador da herpes poderá ter também: dor ao urinar, corrimento no caso da mulher e febre.

Formas de tratamento

Os medicamentos são as formas de tratamento desta doença sexualmente transmissível.

Os remédios mais comuns para o tratamento são: Famciclovir, Aciclovir ou Valaciclovir.

Os medicamentos ajudam a diminuir as sensações de desconforto causadas pelos sintomas da doença.

Vale ressaltar que a infecção não tem cura e os sintomas poderão desaparecer com 20 dias de uso dos medicamentos ou segundo aos conselhos do seu médico que é o mais indicado.

AIDS

Uma das DST mais conhecidas, a AIDS pode ser causada por meio de relações sexuais, contato com o sangue do portador através de acidentes ou uso compartilhado de seringas, por exemplo.

Os sintomas mais comuns da doença são:

  • Suores;
  • Dores de cabeça;
  • Febre;
  • Dor de garganta;
  • Sensibilidade a luz;
  • Vômitos;
  • Diarreia e outros.

A doença não tem cura, o tratamento serve para diminuir os sintomas e aumentar qualidade de vida do portador, além de aumentar o tempo de vida do mesmo.

Formas de tratamento

Assim como outras doenças sexualmente transmissíveis a AIDS também tratada via medicamentos, só que antirretrovirais, assim como: Lamivudina ou Zidovudina. Esses medicamentos são encontrados gratuitamente, inclusive no SUS.

Os medicamentos citados foram criados para fortalecerem a imunidade dos portadores, assim como combater o vírus, mas não curam a doença.

Entenda mais sobre a doença através do vídeo abaixo:

Sífilis

A sífilis é uma doença sexualmente transmissível com sintomas específicos e é dividida por fases distintas (falaremos isso em outro artigo em breve).

A doença é conhecida como um mal silencioso e você deve ficar atento.

A sífilis é uma doença que traz manchas vermelhas nos pés e nas mãos, ela provoca feridas e manchas, mas que não causam dor e nem sangram.

Um dos outros sintomas da sífilis é a própria paralisia, cegueira e problemas cardíacos.

A sua transmissão poderá ser através de transfusão de sangue contaminado ou até por seringas que normalmente são compartilhadas através do uso de drogas.

É interessante ressaltar que os primeiros sintomas aparecem de 3 a 11 semanas após a pessoa ser contagiada.

Formas de Tratamento

O remédio mais comum usado no tratamento da sífilis é a Penicilina G ou a eritromicina.

Existem possibilidades de cura se o tratamento for efetuado de forma constante e correta.

Como saber se tenho uma DST?

Os sintomas são uma das principais formas de se ter o diagnóstico de uma das doenças sexualmente transmissíveis, assim como também a observação dos órgãos genitais.

Depois dos exames necessários o problema será encontrado, os mias comuns são o teste de Schiller e  papanicolau.

Um exame de sangue poderá ser indicado pelo médico, o intuito é verificar a causa principal da doença e assim ele poderá fazer a indicação do melhor tratamento possível.

Quando é preciso repetir os exames?

Quando um indivíduo, seja ele homem ou mulher tiver pego uma doença sexualmente transmissível, o médico irá indicar exames clínicos. Esses poderão ser realizados de 6 em 6 meses por volta de 2 anos seguidos, até que o terceiro exame consecutivo seja negativo garantindo assim a cura ou eficácia do tratamento.

Quais são as Formas de contágio das DST?

As DST podem ser transmitidas via relação sexual desprotegida, mas também poderão ser transmitidas através:

  • Compartilhamento de seringas;
  • Compartilhamento de objetos pessoais, como toalhas;
  • De mãe para filho através do sangue durante a gravidez, pela amamentação ou durante o parto;

Existem casos, raros inclusive, de transmissão da DST via transfusão de sangue.

Como não pegar uma DST?

Todos já sabemos desta resposta, praticamente, mas faz parte do assunto e vale a pena saber novamente, através do uso de camisinha você conseguirá se prevenir da maioria das doenças sexualmente transmissíveis.

Agora lembre-se: a camisinha deve ser usada em qualquer relação sexual, pode ser oral, vaginal ou anal, são as secreções corpóreas os principais responsáveis por transmitir doenças deste gênero.

Vale ressaltar que a forma com que você coloca a camisinha poderá não prevenir como devido, então conheça as maneiras corretas nesse artigo: Colocar a camisinha masculina corretamente, usar a camisinha feminina.

O que pode acontecer se o tratamento não for feito?

Caso o tratamento da DST vigente não seja feito corretamente, poderão surgir problemas mais graves com o tempo.

Alguns desses problemas são:

  • Câncer do útero e câncer peniano;
  • Ifertilidade;
  • Meningite;
  • Problemas cardiovasculares;
  • Abortos;
  • Malformações do feto e outros.

Conclusão

Bom, agora você sabe as causas, os sintomas e os tratamentos para a maioria das DST existentes.

É interessante de qualquer forma que você procure um médico caso tenha algum tipo dos sintomas aqui mencionados, não tome nenhuma atitude precipitada ou siga recomendações de medicamentos que citamos hoje aqui.

Ser consultado por um especialista é a melhor opção sempre, ele estudou para isso e sabe realmente como resolver o seu problema.

Diego Brasileiro

Comentários

Rodolfo Medeiros

Sobre o autor

Olá, meu nome é Rodolfo Medeiros e sou especialista em estudos da mente masculina. Através de anos de estudo e dedicação, tive muito aprendizado sobre etiqueta masculina, melhoria da líbido, aumento peniano, aumento de virilidade, e várias outros assuntos pertinentes que ao longo deste blog vou te passar com detalhes. Seja muito bem vindo ao Fatos Masculinos.

Saiba mais

Sobre o Escritor

Diego Brasileiro