Fatos Masculinos
hidrocele testicular

Hidrocele Testicular: causas, sintomas e tratamento

4.9
08

A saúde masculina é algo muito preocupante quando avaliamos um quadro geral da saúde no país. No entanto, os homens são os mais descuidados com a saúde e por isso é importante sempre estar em busca de informações que possam evitar ou prevenir doenças como a hidrocele testicular.

Uma doença que sempre causou um pouco de medo na comunidade masculina é a “Hidrocele“, pois muitos mitos em torno dela foram criados e acabaram ficando por isso mesmo.

Por isso, decidimos trazer neste artigo um conteúdo claro e objetivo que te fará entender de uma forma fácil, tudo sobre a hidrocele.

O que é Hidrocele?

A hidrocele é uma doença benigna caracterizada pelo acúmulo de um fluido ceroso (semelhante a um tipo de soro) na membrana que reveste o testículo.

Esse acúmulo de fluido provoca um aumento de um (unilateral) ou dos dois testículos (bilateral).

A função desse líquido é de auxiliar na lubrificação dentro do saco escrotal, no entanto, quando esse líquido tem uma produção excessiva ou não é absorvido de forma adequada e eficiente, ele começa a se acumular, causando a hidrocele.

Sintomas da hidrocele

A hidrocele é uma patologia que nem sempre apresenta sintomas claros, mas quando os apresenta, os sintomas da hidrocele testicular são geralmente inchaço nos testículos (o inchaço pode ser em um ou nos dois) que não é acompanhado de dor.

É importante conscientizar que independente de ser hidrocele ou não o homem deve se manter com hábitos saudáveis e se perceber qualquer alteração em seu organismo deverá procurar um médico especialista.

Nesse caso se observar algo de diferente nos testículos, o urologista deverá ser consultado para averiguar o caso e se preciso for prescrever alguns exames ou tratamentos.

Leia também: Pênis: 10 fatos que você precisa saber para se livrar de futuros problemas!

Quando se deve procurar um médico para saber se tem hidrocele?

hidrocele - quando procurar um medico

Caso você, ou seu filho (ou parente próximo) sentir algum inchaço na parte do escroto, o médico deverá ser acionado, pois, ainda que não seja hidrocele o inchaço poderá ser um indicador de outro problema que pode causar complicações ainda maiores.

Quando o caso de hidrocele for confirmado em um recém-nascido quase sempre em pouco tempo por conta própria ele desaparece, se passar um período de um ano e não houver um desaparecimento é importante marcar uma consulta com o pediatra para um acompanhamento mais direcionado.

Como agir na consulta médica?

Parece até uma pergunta bem simples, mas acredite, a maioria dos homens possui dificuldades em ir ao médico, principalmente se tratando de problemas na região dos órgãos sexuais.

Isso não deveria ocorrer pois quanto mais cedo for diagnosticado qualquer problema de saúde, mais rápido e eficaz será o tratamento.

A consulta para ser feito o diagnóstico de hidrocele deverá ser feita com um especialista Clínico Geral.

Qualquer um desses profissionais é capacitado para realizar o diagnóstico da hidrocele.

Após marcar a consulta é importante estar preparado para a mesma e assim otimizar o tempo, tornando o atendimento mais prático.

Caso deseje se adiantar você poderá anotar algumas informações que são sempre solicitadas pelo médico.

A seguir seguem as informações que você poderá levar já anotadas.

  • Liste qualquer sintoma que esteja sentindo (seja característico da hidrocele ou não), será importante na hora de realizar um diagnóstico diferencial para ouras patologias.
  • A ocorrência dos sintomas e quando surgiram.
  • Seu histórico médico também deverá ser mencionado, ou seja, medicações que já tomou, e fez uso ou não de suplementos ou de anabolizantes, outras condições de saúde que podem ter existido.
  • Além do seu histórico médico, também é importante relatar se alguém da família possui alguma patologia como: câncer, diabetes, etc.
  • Se possível, peça que alguém o acompanhe, seja um membro da família ou um colega.

Ao chegar na consulta médica, fique calmo e tranquilo, o médico nessa hora será os eu melhor amigo, e o seu foco é realizar o tratamento que for necessário para seja obtido a cura.

Não e assuste se ele o surpreender com perguntas do tipo:

  • Quando se deu início ao inchaço no escroto?
  • Em algum momento, você sentiu dores? Em resposta afirmativa, que intensidade são as dores?
  • Quais outros sintomas você apresentou durante o período do inchaço?
  • Você faz uso frequente de algum tipo de medicação? Qual medicação seria?
  • Você sofreu alguma lesão na área do escroto ou em áreas próximas que possam ter potencializado um inchado ou dor?
  • Recentemente você recebeu diagnóstico (ou pelo menos suspeita) de outra condição e saúde? Qual?

Leitura essencial: Saiba o que as mulheres pensam a respeito do tamanho do pênis de um homem!

Caso você esteja acompanhando seu filho, as perguntas ainda podem ser:

hidrocele em criancas

  • O seu filho nasceu prematuramente?
  • Há quanto tempo o inchaço no testículo está ocorrendo? Foi feito algum tratamento neste período?
  • Com o passar do tempo o inchaço do testículo do seu filho, aumentou, diminuiu ou permaneceu do mesmo tamanho?

Essas perguntas são chamadas pela comunidade médica de anamnese, com a junção de todas as suas respostas, o médico terá um tipo de arquivo sobre as suas condições de saúde e poderá direcionar você para os exames ou tratamentos adequados.

Conteúdo complementar: O pênis do seu bebê está inchado? Leia este conteúdo agora e descubra o porque e como tratar!

Causas da hidrocele

As principais causas que foram identificadas para que um paciente venha a ter hidrocele é durante a gestação o bebê poderá desenvolver hidrocele.

Isso se dá porque os seus testículos possuem uma bolsa que tem um líquido em volta.

Durante o primeiro ano de vida do bebê essa bolsa é fechada, o líquido que estava dentro dela deverá ser absorvido pelo corpo.

Porém, em algumas situações essa absorção não ocorre, (ou ocorre de maneira ineficiente) e com isso a bolsa permanecerá acumulando o líquido, ocasionando a hidrocele.

No caso do aparecimento da hidrocele em homens adultos, geralmente isso ocorre em decorrência de problemas externos como: orquite, epididimite, hérnias inguinais, traumatismos ou até mesmo filariose.

Em alguns casos ocorre porque o canal por onde os testículos desceram durante o período gestacional não foram fechados corretamente, nesse caso o líquido do abdome passa para o escroto, ocorrendo assim um inchaço na região genital.

Leitura ideal: Micropênis: acabe com este mal pela raiz.

Diagnóstico da hidrocele testicular

Para que seja confirmado o resultado da hidrocele testicular é importante que seja feito uma consulta com um médico especialista. No momento da consulta o médico irá realizar um exame físico, geralmente apenas com esse exame se pode saber se o paciente tem hidrocele ou não.

Em alguns casos (ou em todos, no caso da medicina preventiva), logo em seguida, poderá ser solicitado alguns exames de sangue e de urina que podem ajudar a detectar alguns tipos de infecções, por exemplo, a epididimite. Também poderão ser solicitados exames de ultrassons, esse tipo de exame também pode ajudar a um diagnóstico diferencial para descartar algumas outras possíveis patologias, como hérnias ou tumores.

Outro exame que é bastante comum a solicitação pelo médico é um teste de transiluminação, a realização deste teste consiste em expor a parte inflamada a uma luz brilhante, nos casos em que a luz atravessa o testículo é confirmada a hidrocele.

Tratamentos da hidrocele testicular

hidrocele em bebes

Como alguns bebês desenvolvem a hidrocele testicular, elas não são de modo geral muito preocupantes, porém, se após um período a hidrocele não vier a desaparecer, aumentar ou diminuir, o médico deverá ser consultado para que seja removido cirurgicamente.

Em pacientes adultos, após o aparecimento, as hidroceles podem ser curadas de forma natural em um período médio de seis meses.

Se as hidroceles forem muito grandes e causarem ao indivíduo algum tipo de dor ou incômodo, e em alguns casos desconfiguração do testículo, será necessário a realização de uma intervenção para a remoção da hidrocele.

Leitura complementar: É normal ter um testículo maior do que o outro? Descubra agora!

Quanto tempo dura a cirurgia de hidrocele?

Estipular um prazo em horas é algo muito difícil, pois cada indivíduo é um ser único e cada caso possui sua particularidade. No entanto, a cirurgia de hidrocele dura em torno de 45 minutos à 1 hora.

O desempenho sexual muda após a cirurgia de hidrocele nos testículos?

Alguns homens possuem um certo receio de realizar a cirurgia de hidrocele, pois acreditam que qualquer cirurgia que envolva alguma parte do seu sistema reprodutor cause algum tipo de impotência ou dificuldade de ter ereções.

No caso da cirurgia de hidrocele, o médico que irá executá-la não necessitará tocar em nenhum local que venha a causar dificuldade de ereção. O paciente após o período de recuperação poderá realizar as atividades sexuais normalmente.

A hidrocele causa infertilidade?

Muitos homens associam que ter hidrocele pode afetar a sua capacidade de gerar filhos.

Na maioria dos casos a hidrocele testicular não provoca infertilidade masculina, no entanto, ela pode ser um indício de alguns fatores que podem provocar a fertilidade.

A cirurgia e hidrocele dificulta o crescimento do pênis ou do testículo?

Quando a cirurgia é feita em bebês ou crianças, não há necessidade de preocupação quanto ao crescimento dos órgãos sexuais, pois estes crescem sem serem prejudicados pela cirurgia.

No entanto, é importante verificar o fator que levou à hidrocele, pois este fator pode ser determinante para impedir o crescimento natural dos órgãos sexuais.

Não sendo a cirurgia uma facilitadora que impede o crescimento do pênis nem do testículo.

Leitura indispensável: Cirurgia de aumento peniano: tudo que você precisa saber sobre o assunto!

Caroços nos testículos causam hidrocele?

carocos nos testiculos

Não necessariamente. Se você notar o aparecimento de algum nódulo nos testículos deverá procurar rapidamente um urologista.

Somente com o auxílio de um médico e com exames de diagnósticos será possível identificar a causa dos caroços que apareceram nos testículos.

Prevenção da hidrocele testicular

Atualmente, de acordo com a literatura médica, não há formas de se prevenir da hidrocele. Quando houver qualquer incômodo um médico deverá ser consultado e assim realizar o tratamento, se necessário, ou apenas uma companhamento.

Complicações causadas pela hidrocele

A hidrocele testicular não é uma doença que cause um grande alarme sozinha, porém a sua presença pode indicar uma associação com outra condição (patologia), como: variocele, hérnia inguinal, epididimite, torção do testículo, prostatite, algumas doenças sexualmente transmissíveis ou até mesmo tumores.

Por isso é importante realizar todos os procedimentos que o médico solicitar, pois a maioria dos homens só procura ajuda médica em estados muito avançados o que dificulta o tratamento e cura de patologias, que se fossem descobertas no início teria uma evolução bem satisfatória.

Quais os riscos da hidrocele?

A hidrocele, em si não é uma doença que causará um dano extremamente grave ao seu portador. Na verdade, ela cria o desconforto estético e incômodo local. No entanto ao seguir um tratamento com um urologista de sua confiança, ele poderá afirmar se a hidrocele possui relação com alguma doença mais grave.

Qual a diferença de hidrocele e variocele?

Alguns homens confundem muito a hidrocele com a varicocele, a verdade é que elas podem parecer um pouco semelhantes, mas na verdade são completamente diferentes.

A varicocele é uma dilatação das veias que estão presentes dentro do escroto (bolsa de pele solta que se localiza abaixo do pênis, onde se localizam os testículos).

Em uma linguagem mais popular ela é conhecida como varizes do testículo ou varizes do escroto.

Esses termos foram designados porque a dilatação das veias nessa área é bem semelhante às que formam as varizes nas pernas.

Leitura complementar: Variocele – o que é, causas, sintomas e o tramento adequado!

Conclusão

Bom, então é isto caro leitor. Esperamos fortemente que possamos ter lhe ajudado com este conteúdo sobre a hidrocele testicular.

Caso você acredite que tenha lhe ajudado, compartilhe nas suas redes sociais e faça colegas, amigos e familiares ficarem cientes desta condição clínica, quais são suas causas, sintomas e o tratamento adequado.

Vamos ficando por aqui, mas saiba que de segunda a sábado, sempre criamos novos conteúdos na parte da manhã, para educar você e todos que estão a sua volta.

Ficamos muito felizes que você tenha chegado até aqui e queremos ver você de volta por aqui em!

Meu nome é Diego Brasileiro e este foi mais um conteúdo exclusivo do site, Fatos Masculinos!

Diego Brasileiro

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.