Fatos Masculinos

Perda de peso involuntária: causas e tratamentos

perda de peso involuntaria

Se você perdeu peso de uma hora para outra e não encontrou ainda uma explicação sensata, você pode ter tido a perda de peso involuntária ou não-intencional.

Neste breve artigo, vamos te explicar porque ela acontece e o que pode ser.

Algumas das principais dúvidas sobre o assunto serão abordadas aqui de forma simples e didática.

O que é a perda de peso involuntária ou não-intencional?

Perda súbita e perceptível de peso pode acontecer após um evento estressante, embora também possa ser um sinal de uma doença grave.

É normal perder uma quantidade significativa de peso após o estresse ao ser despedido do emprego, divórcio, despedimento ou luto.

O peso muitas vezes volta ao normal quando você começa a se sentir mais feliz, depois de ter tido tempo para se lamentar ou se acostumar com a mudança.

O aconselhamento e apoio podem ser necessários para ajudá-lo a chegar a entender a situação melhor e sair deste quadro.

Perda de peso significativa também pode ser o resultado de um distúrbio alimentar, como anorexia  ou bulimia.

Se você acha que tem um distúrbio alimentar, converse com alguém da sua confiança e considere falar com o seu médico.

Existem também várias organizações que podem fornecer informações e conselhos, uma delas é a GATDA.

Se a sua perda de peso não foi devido a uma das causas mencionadas, e você não perdeu peso através de dieta ou com exercícios físicos, consulte o seu médico, pois você pode ter uma doença que precisa ser tratada.

As informações a seguir podem lhe dar uma ideia melhor da causa de sua perda de peso, mas não usá-lo para diagnosticar a si mesmo.

Sempre consulte um médico para um diagnóstico adequado.

Leitura indispensável: Transtornos alimentares — como eles acontecem, quais os sintomas causas e os tratamentos indicados?

Quando perda de peso deve ser uma preocupação?

Seu peso corporal pode mudar regularmente, mas a perda persistente e não intencional de mais de 5% do seu peso durante 6 a 12 meses geralmente é motivo de preocupação.

Perder tanto peso pode ser um sinal de desnutrição, onde a dieta de uma pessoa não contém a quantidade certa de nutrientes.

Você deve prestar atenção especial se tiver outros sintomas, como:

  • Cansaço;
  • Perda de apetite;
  • Mudança nos seus hábitos de higiene;
  • Aumento de doenças ou infecções.

Outras causas comuns de perda de peso inesperada

Perda de peso não intencional nem sempre tem uma causa subjacente identificável, mas, além das causas já mencionadas, é frequentemente o resultado de:

  • Depressão;
  • Uma glândula tiroide hiperativa (hipertiroidismo) ou tratamento excessivo de uma tiroide hipoativa;
  • Câncer.

Causas menos comuns de perda de peso inesperada

Menos frequentemente, a perda de peso inesperada pode ser o resultado de:

  • Os efeitos colaterais de certos medicamentos;
  • Uso indevido de álcool ou uso indevido de drogas;
  • Doença cardíaca, renal, pulmonar ou hepática;
  • Um problema com as glândulas que secretam hormônios — como a doença de Addison ou diabetes não diagnosticado;
  • Uma condição inflamatória a longo prazo, como  artrite reumatoide ou lúpus;
  • Problemas dentários — como perder dentes, ter ortodontia nova ou úlceras na boca;
  • Uma condição que causa disfagia (problemas de deglutição);
  • Um problema com o intestino, como uma úlcera no estômago, doença de Crohn, colite ulcerativa ou doença celíaca;
  • Uma infecção bacteriana, viral ou parasitária, como gastroenterite persistente, tuberculose (TB)ou HIV e AIDS;
  • Demência — pessoas com demência podem ser incapazes de comunicar suas necessidades alimentares.

Dicas de livros da Amazon sobre Distúrbios Alimentares

Clique no link referente ao assunto que se encaixa mais dentro do contexto que você precisa agora e veja os detalhes sobre o livro.

Conclusão

Agora você já sabe quais são as principais causas da perda de peso involuntária.

Esperamos que o seu caso seja mais simples do que imagina e que possa ser resolvido logo.

Se você percebeu alguns dos sintomas mencionados e correlacionou com alguma das doenças aqui comentadas hoje, não se desespere.

Vá ao médico e faça todos os exames relacionados, espere e saiba de fato o que está havendo antes de tomar qualquer remédio ou decisão.

Esperamos poder ter lhe ajudado e ficamos por aqui.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais e ajude outras pessoas que passam por este tipo de problema.

Saiba que você é sempre muito bem-vindo aos Fatos Masculinos.

Diego Brasileiro

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdos Exclusivos

Entre com seu melhor e-mail e receba conteúdos que você não encontra de graça por aí:

Desenvolvido por FeedBurner

Sobre o autor

Olá! Me chamo Rodolfo Medeiros e atualmente estudo a mente humana. Sou formado em psicologia e tenho me dedicado a entender comportamentos humanos específicos, a sexualidade e outros temas que iremos abordar aqui. Seja sempre muito bem-vindo aos Fatos Masculinos.

Sobre o Escritor:

Diego Brasileiro

Posts