Fatos Masculinos

Ejaculação atrasada: O que é, causas, sinais e tratamento

ejaculação atrasada

A ejaculação atrasada conhecida também com ejaculação retardada, é uma dificuldade para ejacular, mesmo que o homem esteja com a ereção firme e estimulada adequadamente para acontecer o ato. Estima-se que esse problema atinge de 1-4% dos homens.

Esse problema com a ejaculação pode ser categorizado como primeiro e secundário.  O primeiro caso é quando o homem não é capaz de ejacular durante a relação sexual.

O segundo caso, ocorre quando o homem conseguiu ejacular durante a relação em algum momento da sua vida, mas não foi capaz novamente ou consegue com pouca frequência.

A ejaculação retardada geralmente acontece durante a relação sexual, porém com menos frequência durante o ato de masturbação.  Para você ter uma ideia cerca de 85% dos homens que sofrem com esse distúrbio conseguem chegar ao orgasmos por meio da masturbação.

Em algumas circunstâncias esse problema masculino pode ocorrer em diversas situações, por isso, o homem é incapaz de ejacular, ou pode conseguir o ato após uma relação prolongada, ou por meio da masturbação.  Esse problema para muitos casais causa sofrimento e frustração.

Além disso, em outro caso o homem pode chegar ao orgasmo com prazer sem ejacular o sêmen.

  Esse ato é conhecido como “orgasmo seco”, mas só acontece quando ocorre a ausência da ejaculação retrógrada.

Possíveis causas da ejaculação atrasada

Esse problema masculino pode acontecer devido a fatores psicológicos como causados por:

  • Abuso sexual na infância,
  • Questões religiosas,
  • Preocupação com o desempenho sexual,
  • Causas psicogênicas,
  • Uso de álcool em excesso,
  • Diabetes,
  • Uso de drogas em geral,
  • Obstrução dos canais pelos, os quais o esperma passa.

Esse distúrbio possui diversas causas relacionadas e sendo assim, o seu diagnóstico pode ser feito por várias especialidades médicas a depender da causa como, por exemplo, psicólogo, terapeuta sexual, urologista ou endocrinologista.

Sintomas da ejaculação atrasada

Esse problema ocorre quando o homem não consegue durante uma relação sexual não consegue atingir o orgasmo durante por pelo menos 6 meses, mas sendo fácil acontecer  por meio da masturbação.  

No entanto, mesmo não havendo ejaculação o homem consegue manter a sua ereção por mais tempo, prologando dessa forma a relação, o que pode causar dores tanto no homem quanto na mulher por devido à perda lubrificação natural.

Além disso, o ato se torna cansativo e frustrante para o casal e consequentemente causar problemas no relacionamento, ansiedade e depressão.

3 sinais da ejaculação atrasada

Observe alguns dos sinais que podem indicar essa disfunção sexual no homem.

  1. Falta de sensibilidade pélvica

Esse é dos principais sinais relacionados à ejaculação descontrolada, ou seja, atrasada. Quando o homem não consegue ter a sensibilidade suficiente nas partes íntimas, não consegue obter o estímulo suficiente para ejacular.

Neste caso, é necessário descobrir qual é a causa deste problema.  Na maioria das vezes, ele surge por meio de doenças de cunho sexual ou não.

Por outro lado, a falta da sensibilidade pode ser originalizada de traumatismos medulares ou cirurgias na região pélvica, que acabam diminuindo a inervação e a condução simpática que são responsáveis pela ejaculação.

  1. Uso de medicamentos para depressão

Os medicamentos também podem ser o ponto inicial para o desenvolvimento desse distúrbio no homem.

A serotonina que é um neurotransmissor que atua no cérebro tem a responsabilidade de regular a sensibilidade e os movimentos. 

Quando a sua receptação é inibida existe a possibilidade do desenvolvimento da disfunção sexual no homem.

A inibição pode ocorrer quando se faz o uso de alguns medicamentos, principalmente o uso de antidepressivos.

Muitos deles possuem efeito secundário como o tempo prologado da ejaculação e na maioria das vezes, a informação não fica clara o suficiente para o que o homem possa dar a devida importância.

  1. Problemas psicológicos mal administrados

Não conseguir administrar corretamente os problemas psicológicos pode gerar um cenário favorável para está disfunção. 

Alguns problemas como transtornos de ansiedade, medo de engravidar a parceira e entre outros podem contribuir para o desenvolvimento da ejaculação atrasada.

Como é o tratamento?

O tratamento desse distúrbio começa a partir da identificação da causa, normalmente ele envolve terapia para o paciente.  Esse procedimento é indicado porque na maioria das vezes a ejaculação retardada está associada com problemas psicológicos.

Por outro lado, a terapia é fundamental devido às consequências que esse distúrbio pode trazer para o relacionamento.  Nesse sentindo, a terapia para casal é interessante.

Por fim, para contribuir no tratamento o homem precisa manter hábitos saudáveis como, por exemplo, atividades físicas, alimentação balanceada, evitar beber e fumar e seguir as recomendações médicas.

LEIA MAIS: Avanafil: medicamento contra impotência sexual

Conclusão

A ejaculação retardada ou atrasada é um tipo de disfunção sexual masculino que atinge uma pequena parte dos homens. No entanto, quando não tratado pode causar diversos transtornos.

Alguns homens que sofrem com esse distúrbio consideram essa dificuldade com vergonhosa e muitas vezes não procuram o tratamento adequado.  No entanto, ela não deve ser ignorada já que pode ser originalizada por problemas físicos ou psicológicos.

5 1 vote
Article Rating

Diego Brasileiro

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Conteúdos Exclusivos

Entre com seu melhor e-mail e receba conteúdos que você não encontra de graça por aí:

Desenvolvido por FeedBurner

Sobre o autor

Olá! Me chamo Rodolfo Medeiros e atualmente estudo a mente humana. Sou formado em psicologia e tenho me dedicado a entender comportamentos humanos específicos, a sexualidade e outros temas que iremos abordar aqui. Seja sempre muito bem-vindo aos Fatos Masculinos.

You cannot copy content of this page
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x