Fatos Masculinos
o que faz um nutricionista

Descubra o que faz um nutricionista e como se tonar um

5.0
01

Você tem vontade de ser nutricionista? Você sabe extamente o que faz um nutricionista? Conhece a profissão e todas as suas atribuições?

Continue lendo este artigo exclusivo e aprenda de uma vez por todas, tudo sobre a profissão de nutricionista.

Com a saúde não se brinca, isso é algo que praticamente todo mundo tem na consciência.

Estamos sempre tentando nos proteger, seja qual for o agente que tenha a possibilidade de nos causar dano, procuramos logo combatê-lo.

Hoje em dia a ideia de se prevenir é algo que está bem latente na mente dos brasileiros, e isso é muito bom, já que vivemos em uma época que possui tanta produção de comida industrializada e opções nada saudáveis que compõe nosso cardápio diário.

O profissional da saúde que tem por objetivo conscientizar a população sobre opções mais saudáveis, taxas de IMC, gordura visceral e prevenção de doenças que estão diretamente ligadas a uma má alimentação é o nutricionista, esse profissional é tema do nosso conteúdo de hoje.

O que faz um nutricionista?

O nutricionista é um profissional formado no curso superior de nutrição.

Dentre as suas atividades estão a análise dos excessos e das deficiências dos nutrientes que são essenciais para o organismo.

Segue uma lista das principais atribuições do nutricionista:

  • Prescrever dietas baseadas na necessidade de cada indivíduo.
  • Conscientizar o paciente dos perigos de uma dieta não balanceada.
  • Controlar a qualidade dos produtos e do preparo dos alimentos.
  • Criação de novos cardápios para as refeições.

Aproveite e leia: Como parar de fumar – pare de fumar em 24h!

Quando surgiu a nutrição como profissão?

o primeiro nutricionista do mundo

No ano de 1939 foi criado o primeiro curso de nutrição aqui no Brasil, no Instituto de Higiene da Universidade de São Paulo USP), o curso tinha na época o nome de: Curso de nutricionistas.

Um grande incentivador da criação do curso foi o seu então diretor na época o professor Geraldo Horácio e Paula Souza.

Dentre os anos de 1920 e 1925 a expressão nutricionista estava em bastante uso no mundo.

O professor Geraldo, em uma de suas viagens permaneceu um tempo nos Estados Unidos e foi lá que iniciou as suas pesquisas sobre nutrição e aprendeu a sua importância para a vida das pessoas.

Começou a entender a relação entre a nutrição e a saúde, e em como a melhora da qualidade de vida estava atrelado a isso.

Por esse motivo o professor sentiu o desejo (e a necessidade) de criar no Brasil um curso de nutrição.

Esse curso teria como finalidade, formar profissionais conscientes sobre a ligação entre a saúde e a nutrição.

Um ano antes da faculdade de nutrição ser fundada no Brasil o professor Geraldo precisou solicitar ao governo do estado e São Paulo a criação e um Centro de Estudos sobre a alimentação.

O professor Geraldo demonstrou estar à frente do seu tempo, pois muitos outros países só criaram o curso de nutrição muitos anos depois.

A Lei que regulamenta a profissão de nutricionista no Brasil é a Lei de nº 5.276, de 24 de abril de 1967.

Já em 1991 no dia 17 de setembro, a Lei de nº 8,234, regulamentou a profissão nutricionista e definiu através da Lei as atividades da profissão que são:

Art. 3º São atividades privativas dos nutricionistas:

I – direção, coordenação e supervisão de cursos de graduação em nutrição;

II – planejamento, organização, direção, supervisão e avaliação de serviços de alimentação e nutrição;

III – planejamento, coordenação, supervisão e avaliação de estudos dietéticos;

IV – ensino das matérias profissionais dos cursos de graduação em nutrição;

V – ensino das disciplinas de nutrição e alimentação nos cursos de graduação da área de saúde e outras afins;

VI – auditoria, consultoria e assessoria em nutrição e dietética;

VII – assistência e educação nutricional e coletividades ou indivíduos, sadios ou enfermos, em instituições públicas e privadas e em consultório de nutrição e dietética;

VIII – assistência dietoterápica hospitalar, ambulatorial e a nível de consultórios de nutrição e dietética, prescrevendo, planejando, analisando, supervisionando e avaliando dietas para enfermos.

Art. 4º Atribuem-se, também, aos nutricionistas as seguintes atividades, desde que relacionadas com alimentação e nutrição humanas:

I – elaboração de informes técnico-científicos;

II – gerenciamento de projetos de desenvolvimento de produtos alimentícios;

III – assistência e treinamento especializado em alimentação e nutrição;

IV – controle de qualidade de gêneros e produtos alimentícios;

V – atuação em marketing na área de alimentação e nutrição;

VI – estudos e trabalhos experimentais em alimentação e nutrição;

VII – prescrição de suplementos nutricionais, necessários à complementação da dieta;

VIII – solicitação de exames laboratoriais necessários ao acompanhamento dietoterápico;

IX – participação em inspeções sanitárias relativas a alimentos;

X – análises relativas ao processamento de produtos alimentícios industrializados;

XI – participação em projetos de equipamentos e utensílios na área de alimentação e nutrição.

Quanto tempo dura a faculdade de nutrição?

durabilidade da faculdade de nutricao

O curso de nutrição é um curso de graduação universitária que possui duração e quatro anos.

Bioquímica, anatomia, fisiologia, são algumas disciplinas do ciclo básico (matérias estudadas por estudantes dos cursos de saúde).

Avaliação nutricional, higiene alimentar e estágio curricular obrigatório são algumas das matérias do ciclo específico do curso de nutrição.

Artigo interessante para leitura: Médico Urologista – O que faz este profissional, de fato?

Nutricionista prescreve medicamentos para emagrecer?

Não. O nutricionista não prescreve medicamentos para emagrecer, ele trabalha na composição da dieta para que esta, se seguida corretamente ocasione em uma perca de peso efetiva.

Somente um médico pode prescrever a medicação que auxilia na perca de peso, mas o uso da medicação sem ser alinhada a uma alimentação saudável não surtirá efeitos permanentes.

Você já sabe o que um nutricionista, mas o nutrólogo é uma profissão que tem ganhado muito espaço e inclusive confunde muito as pessoas sobre o que exatamente um nutrólogo faz.

Um nutrólogo é formado em medicina e é responsável por identificar a causa da perda de peso ou do seu excesso, após essa descoberta a alimentação do paciente é modificada.

Leitura interessante: Esteroides Anabolizantes – Tudo o que você precisa saber sobre!

Existe curso técnico de nutrição?

Sim! O curso técnico é o de nutrição e dietética.

O curso dura em média de 18 meses e o profissional formado em técnico em nutrição e dietética possui diversas áreas de atuação.

O valor médio do salário do técnico em nutrição e dietética é de R$ 1.500,00, no entanto esse valor sofre variações de localidades e de empresas que ofertam as vagas.

O valor de investimento do curso de nutrição e dietética também varia de uma região para a outra, sendo uma média de valor entre R$ 180,00 e R$ 300,00.

Estágios também são obrigatórios, assim como na graduação, para a conclusão do curso.

Quais as melhores faculdades de nutrição do Brasil?

melhor faculdade de nutricao do mundo

Existem várias faculdades públicas ou particulares que ofertam todos os anos (ou semestres) o curso de nutrição.

De acordo com o Ministério da Educação há uma lista das melhores faculdades de nutrição do país:

  • Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT);
  • Universidade de Brasília (UNB);
  • Universidade Federal de Sergipe (UFSE);
  • Universidade Federal de Viçosa (UFV);
  • Universidade Presbiteriana Mackenzie (MACKENZIE);
  • Universidade do Oeste Paulista (UNIOESTE);
  • Universidade Paulista (UNIP);
  • Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU);
  • Centro Universitário Ritter dos Reis (UNIRITTER);
  • Universidade Federal do Paraná (UFPR);
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
  • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF);
  • Universidade Federal de Pernambuco (UFPE);
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS);
  • Universidade Federal de Goiás (UFG);
  • Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP);
  • Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG);
  • Universidade Vila Velha (UVV);
  • Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO);
  • Centro Universitário de Várzea Grande (UNIVAG);
  • Centro Universitário Euro-Americano (UNIEURO);
  • Centro Universitário do Rio Grande do Norte (UNI-RN);
  • Centro Universitário Assis Gurgacz (FAG);
  • Centro Universitário de Ingá;
  • Faculdade Nobre de Feira de Santana (FAN);
  • Faculdade Max Planck (FMP);
  • Centro Universitário Christus (UNICHRISTUS);
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA);
  • Faculdade de Ciências Humanas de Fortaleza (FCHFOR);
  • Faculdade de Ensino e Cultura do Ceará (FAECE).

Todas essas possuíram nota 5 (conceito máximo) pela avaliação do MEC.

Ter a nota 5 significa que a instituição possui um curso notável, mas cursos de possuem nota 3 e 4 também se encontram em uma boa posição.

Além das notas das Universidades o que fará de você um bom nutricionista é ao seu desempenho para aprender durante a fase de graduação o que e de grande importância para a sua vida profissional.

O seu diploma está atrelado às suas qualidades quanto profissional, a sua construção começa desde o seu primeiro dia de aula até o último dia em que você exercer a sua profissão.

Não estacionar nos estudos, sempre realizar pesquisas é imprescindível para o nutricionista, pois a cada dia a ciência evolui e descobre coisas novas que podem ajudar os seus pacientes a terem uma vida melhor e mais saudável.

Dicas de liros da Amazon para Nutricionistas ou futuros Nutricionistas

  • Nutricionista: O Seu Próprio Empreendedor:

  • Eu não consigo emagrecer:

  • Nutrição comportamental

  • Saúde total: O plano definitivo para a perda de peso e uma vida saudável:

Quais áreas o profissional de nutrição pode atuar?

Após a formação na faculdade de nutrição, o profissional poderá atuar em diversas áreas.

Citaremos apenas algumas as seguir:

Nutrição clínica

Onde irá trabalhar em clínicas ou em hospitais prescrevendo uma alimentação específica para cada paciente, se baseando nas situações específicas de cada um.

Administração da produção de restaurantes, refeitórios ou cozinhas industriais

Nessa área específica de trabalho, o nutricionista irá realizar toda a gestão e supervisão dos alimentos servido em todas as suas etapas: compra, armazenamento, preparo.

Marketing nutricional

Organizará os testes necessários, bem como as pesquisas de novos produtos que surgem na indústria alimentícia.

Nutrição esportiva

Trabalha lado a lado com os atletas elaborando dietas adequadas e assim conseguindo resultados satisfatórios em seus treinos e em campeonatos.

O que faz um nutricionista esportivo?

nutricionista esportivo

Quando exercitamos o nosso corpo, ele passa a se modificar. Por esse motivo o nutricionista esportivo possui uma formação mais específica (um complemento de especialização da sua graduação) que ajuda na orientação de todos os que praticam esportes e necessitam de uma dieta específica para nutrir o seu organismo.

Essa especialidade difere do nutricionista clínico porque este, possui uma atuação mais geral em atendimentos, sem ser especifico em esportistas.

O nutricionista esportivo irá orientar o seu paciente de forma mais eficaz, não s[o sobre a alimentação, como também em exercícios físicos e no uso de vitaminas e suplementos.

Dentre a sua gama de estudos específicos, o nutricionista específico aprende a entender a composição corporal que é adequada de acordo com as modalidades esportivas praticadas pelo paciente.

Sendo assim possível estipular uma dieta, seja ela de ganho ou de perda de peso, definição dos músculos e melhor desempenho das atividades.

É importante salientar que o trabalho do nutricionista esportivo é feito em conjunto com o educador físico (treinador, personal trainner) que irá trabalhar com toda a questão de desempenho das atividades.

O resultado do trabalho do educador físico e do nutricionista esportivo são pessoas que alcançam seu objetivo corporal de uma forma saudável e sem riscos à saúde.

O nutricionista esportivo pode prescrever suplementos?

Essa é uma dúvida que aflora não só nos estudantes de nutrição que desejam seguir essa especialidade, como em pessoas que buscam o serviço do nutricionista esportivo.

Existe uma variedade de suplementos dispostos nas prateleiras cada um específico para determinada fase e atividade física. O nutricionista pode prescrever os suplementos pois ele irá adequar o melhor suplemento para fazer parte da composição nutricional para a finalidade almejada.

Quanto em média ganha um nutricionista no Brasil?

Para falar de piso salarial teremos que tomar um estado como referência, pois há uma variação de uma localidade para a outra, sendo assim o valor que um nutricionista ganha em um estado poderá ser maior ou menor devido ao piso do estado em que ele irá exercer a profissão.

Lembrando que o nutricionista também poderá atuar na área como autônomo, caso ele se interesse em desenvolver um espírito empreendedor.

Conclusão

Agora você já conhece muito mais sobre a profissão, nutricionista.

Tentamos passar o máximo de detalhes possível e esperamos ter tirado suas principais dúvidas.

Se você acredita que este conteúdo lhe ajudou, por favor, compartilhe.

Faça esta mensagem chegar para outras pessoas, no intuito de ajudá-las também.

Se ainda ficou alguma dúvida, por favor, comente. Teremos o prazer em lhe ajudar.

Meu nome é Diego Brasileiro e este foi mais um conteúdo exclusivo do nosso site: Fatos Masculinos.

Diego Brasileiro

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.