Fatos Masculinos
doenca cardiovascular

Doença cardiovascular: um guia simples e completo

4.9
20

A doença cardiovascular (DCV) é um termo geral para afecções que afetam o coração ou os vasos sanguíneos.

Geralmente está associada a um acúmulo de depósitos de gordura nas artérias (aterosclerose) e a um risco aumentado de coágulos sanguíneos.

Também pode estar associada a danos nas artérias de órgãos como cérebro, coração, rins e olhos.

A DCV é uma das principais causas de morte e incapacidade no Brasil e no mundo, mas muitas vezes pode ser impedida em grande parte por levar um estilo de vida saudável.

Tipos de doenças cardiovasculares

tipos de doencas cardiovasculares

Existem muitos tipos diferentes de doenças cardiovasculares.

Quatro dos principais tipos serão descritos abaixo.

Doença cardíaca coronariana

A doença cardíaca coronária ocorre quando o fluxo de sangue rico em oxigênio para o músculo cardíaco é bloqueado ou reduzido.

Isso aumenta a pressão sobre o coração e pode levar a:

  • Angina – dor no peito causada por fluxo sanguíneo restrito ao músculo cardíaco;
  • Ataques cardíacos – onde o fluxo sanguíneo para o músculo cardíaco é subitamente bloqueado;
  • Insuficiência cardíaca – onde o coração é incapaz de bombear o sangue pelo corpo adequadamente.

AVC e AITs (Mini-derrames)

Um acidente vascular cerebral é quando o suprimento de sangue para uma parte do cérebro é interrompido, o que pode causar danos cerebrais e possivelmente a morte.

Um ataque isquêmico transitório (também chamado de AITs ou mini-derrames) é semelhante, mas o fluxo sanguíneo para o cérebro é apenas interrompido temporariamente.

Os principais sintomas de um AVC ou AIT podem ser lembrados com a palavra RÁPIDO, que significa:

  • Face – o rosto pode ter caído de um lado, a pessoa pode não conseguir sorrir ou a boca ou o olho podem ter caído;
  • Braços – a pessoa pode não ser capaz de levantar ambos os braços e mantê-los lá por causa da fraqueza do membro ou dormência em um braço;
  • Fala – seu discurso pode ser arrastado ou distorcido, ou eles podem não conseguir falar nada;
  • Hora – é hora de discar para a emergência imediatamente se você notar algum destes sinais ou sintomas.

Leia também: Melhores exercícios para fazer ao ar livre – um guia simples e direto ao ponto!

Doença arterial periférica

A doença arterial periférica ocorre quando há um bloqueio nas artérias dos membros, geralmente nas pernas.

Isso pode causar:

  • Dor nas pernas ou cólicas, que é pior quando se anda e melhora com o descanso;
  • Perda de cabelo nas pernas e pés;
  • Dormência ou fraqueza nas pernas;
  • Úlceras persistentes (feridas abertas) nos pés e pernas.

Doença da aorta

As doenças da aorta são um grupo de condições que afetam a aorta.

Este é o maior vaso sanguíneo do corpo, que transporta sangue do coração para o resto do corpo.

Uma das doenças mais comuns da aorta é o aneurisma da aorta, em que a aorta fica enfraquecida e protuberante para fora.

Isso geralmente não apresenta sintomas, mas há uma chance de que ele possa estourar e causar sangramento com risco de vida.

Causas da doença cardiovascular

causas da doenca cardiovascular

A causa exata da DCV não é clara, mas há muitas coisas que podem aumentar o risco de contrair a doença.

Estes são chamados de “fatores de risco”.

Quanto mais fatores de risco você tiver, maiores serão suas chances de desenvolver DCV.

Se tiver mais de 40 anos, será convidado pelo seu médico para um exame de saúde a cada 5 anos.

Parte desse teste envolve avaliar seu risco individual de DCV e aconselhá-lo a reduzi-lo, se necessário.

Os principais fatores de risco para DCV são descritos abaixo.

Pressão alta

A hipertensão arterial (hipertensão) é um dos fatores de risco mais sérios para DCV.

Se a sua pressão arterial estiver muito alta, pode danificar os vasos sanguíneos.

Conteúdo complementar: Pressão alta em homens – a real diferença entre homens e mulheres neste sentido e como tratar a doença.

Fumar

Fumar e outras formas de uso de tabaco também são um fator de risco significativo para DCV.

As substâncias nocivas do tabaco podem danificar e estreitar os vasos sanguíneos.

Colesterol alto

O colesterol é uma substância gordurosa encontrada no sangue.

Se você tem colesterol alto, pode causar estreitamento dos vasos sanguíneos e aumentar o risco de desenvolver um coágulo sanguíneo.

Diabetes

Diabetes  é uma condição vitalícia que faz com que seu nível de açúcar no sangue fique muito alto.

Níveis elevados de açúcar no sangue podem danificar os vasos sanguíneos, tornando-os mais propensos a se estreitarem.

Muitas pessoas com diabetes tipo 2 também estão acima do peso ou são obesas, o que também é um fator de risco para DCV.

Inatividade

Se você não se exercitar regularmente, é mais provável que você tenha pressão alta, altos níveis de colesterol e excesso de peso. Todos estes são fatores de risco para DCV.

O exercício regular ajudará a manter seu coração saudável.

Quando combinado com uma dieta saudável, o exercício também pode ajudá-lo a manter um peso saudável.

Estar com excesso de peso ou obeso

Estar acima do peso ou obeso aumenta o risco de desenvolver diabetes e pressão alta, fatores de risco para DCV.

Você tem um risco aumentado de DCV se:

  • Seu índice de massa corporal (IMC) é de 25 ou acima – use a calculadora de peso saudável do  IMC para calcular o seu IMC (esta calculadora é de um site gringo, porém é a mais completa que conheço, traduza com o Google Tradutor ou Google Chrome (Browser);
  • Se você é um homem com uma medida de cintura de 94cm ou mais, ou uma mulher com uma medida de cintura de 80cm ou mais.

História familiar da doença cardiovascular

Se você tem um histórico familiar de DCV, seu risco de desenvolvê-lo também é aumentado.

Você é considerado portador de histórico familiar de DCV se:

  • Seu pai ou irmão foram diagnosticados com DCV antes de terem 55 anos;
  • Sua mãe ou irmã foram diagnosticados com DCV antes de terem 65 anos.

Informe o seu médico ou enfermeiro se tiver antecedentes familiares de DCV.

Eles podem sugerir a verificação de sua pressão arterial e nível de colesterol.

Leia também: Estresse – o guia completo e simples.

Origem étnica

No Reino Unido, a DCV é mais comum em pessoas do sul da Ásia e em um contexto africano ou caribenho.

Isso ocorre porque as pessoas dessas origens são mais propensas a ter outros fatores de risco para doenças cardiovasculares, como pressão alta ou diabetes tipo 2.

Outros fatores de risco

Outros fatores que afetam o risco de desenvolver doenças cardiovasculares incluem:

  • Idade – a DCV é mais comum em pessoas com mais de 50 anos e o risco de desenvolvê-la aumenta à medida que você envelhece;
  • Gênero – os homens são mais propensos a desenvolver DCV em uma idade mais precoce do que as mulheres;
  • Dieta – uma dieta pouco saudável pode levar a colesterol alto e pressão alta;
  • Álcool – o consumo excessivo de álcool também pode aumentar os níveis de colesterol e pressão arterial e contribuir para o ganho de peso.

Leia também: Depressão – o guia completo

Prevenção da Doença Cardiovascular

prevencao da doenca cardiovascular

Um estilo de vida saudável pode reduzir o risco de doença cardiovascular.

Se você já tem doença cardiovascular, manter-se o mais saudável possível pode reduzir as chances de piorar.

As formas pelas quais você pode reduzir seu risco de CVD estão descritas abaixo.

Pare de fumar

Se você fuma, você deve tentar desistir o mais rápido possível.

No conteúdo relacionado que deixaremos abaixo, falamos de experiências e te contamos algumas maneiras de parar de fumar rapidamente.

Leitura complementar: Como parar de fumar em 24h – um guia indispensável para todo fumante.

Tenha uma dieta balanceada

Uma dieta saudável e balanceada é recomendada para um coração saudável.

Uma  dieta equilibrada inclui:

  • Baixos níveis de gordura saturada  (encontrados em alimentos como cortes gordurosos de carne, banha, creme, bolos e biscoitos) – tente incluir fontes de gordura mais saudáveis, como peixes gordurosos, nozes e sementes, e azeite de oliva;
  • Níveis baixos de sal  – vise menos de 6g (0.2oz ou 1 colher de chá) por dia;
  • Baixos níveis de açúcar;
  • Muita fibra  e alimentos integrais;
  • Muita fruta e legumes – coma pelo menos  5 porções de frutas e vegetais por dia.

Site oficial de cápsulas que ajudam a emagrecer mais rápido de forma saudável, Acesse Aqui!

Se exercite regularmente

Os adultos são aconselhados a fazer pelo menos 150 minutos de atividade moderada por semana, como andar de bicicleta ou caminhar rápido.

Se você achar difícil fazer isso, comece em um nível com o qual se sinta confortável e aumente gradualmente a duração e intensidade de sua atividade à medida que sua aptidão melhorar.

Visite seu médico para uma verificação de saúde, se você não se exercitou antes ou está retornando ao exercício depois de um longo intervalo.

Mantenha um peso saudável

Se você está com sobrepeso ou obesidade, uma combinação de exercícios regulares e uma dieta saudável pode ajudar a perder peso.

Aponte para obter o seu IMC abaixo de 25.

Se você está lutando para perder peso, seu médico ou enfermeiro prática pode ajudá-lo a elaborar um plano de emagrecimento e recomendar serviços em sua área.

Reduza o consumo de álcool

Se você beber álcool, tente não exceder o limite recomendado de 14 unidades de álcool  por semana para homens e mulheres.

Se você bebe tanto, você deve tentar espalhar seu consumo por 3 dias ou mais.

Uma unidade de álcool é aproximadamente equivalente a meio litro de lager de força normal ou uma única medida (25ml) de bebidas alcoólicas.

Um pequeno copo de vinho (125ml) é de cerca de 1,5 unidades.

De forma resumida, falando sobre o vinho, você pode tomar de 5 a 6 taças por semana, sem se preocupar, passando disto, tenha cuidado.

O seu médico pode ajudá-lo e aconselhá-lo se estiver com dificuldades em reduzir o consumo de álcool.

Problemas da válvula cardíaca

Quando as válvulas cardíacas não se abrem o suficiente para permitir que o sangue flua como deveria, ocorre uma condição chamada estenose.

Quando as válvulas cardíacas não fecham adequadamente e, assim, permitem que o sangue vaze, chama-se regurgitação.

Se os folhetos da válvula protraem ou prolapsam de volta para a câmara superior, é uma condição chamada prolapso.

Descubra mais sobre os papéis que suas válvulas cardíacas desempenham na circulação saudável.

Testes diagnósticos, procedimentos cirúrgicos e medicamentos

No hospital e durante as primeiras semanas em casa, o médico pode realizar vários testes e procedimentos.

Esses testes ajudam o médico a determinar o que causou o derrame ou o ataque cardíaco e quanto dano foi causado.

Alguns testes monitoram o progresso para ver se o tratamento está funcionando.

Medicação

Se você tem um risco particularmente alto de desenvolver doenças cardiovasculares, seu médico pode recomendar tomar medicamentos para reduzir seu risco.

Medicamentos que podem ser recomendados incluem estatinas para reduzir os níveis de colesterol no sangue, baixas doses de aspirina para prevenir coágulos sanguíneos e comprimidos para reduzir a pressão arterial.

Conclusão

A doença cardiovascular é grave e pode levar o indivíduo a óbito, por isto leve a sério cada detalhe tratado aqui hoje.

Oriente sua família e seus amigos, ajude outras pessoas que precisam de apoio sobre estes conhecimentos básicos.

Compartilhando este conteúdo, você está salvando vidas e ajudando pessoas.

Faça isso e aproveite para comentar abaixo, sobre algum assunto que lhe interessa, para agradecer ou para trazer uma crítica construtiva.

Diego Brasileiro

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.