Fatos Masculinos
cirurgia de circuncisao

Circuncisão: Como é realizada, como é a recuperação, motivos para fazer e mais!

Circuncisão: Como é realizada, como é a recuperação, motivos para fazer e mais!
5 (100%) 1 vote

Se você está procurando informações detalhadas sobre a cirurgia de circuncisão, pode parar sua pesquisa. Este conteúdo é tudo o que você precisa para ficar por dentro do procedimento de forma completa.

Vamos falar o que é a circuncisão, como é feito o procedimento, como é a recuperação e muito mais.

Confira os detalhes desta matéria completa, eles farão toda a diferença!

O que é a circuncisão?

O procedimento médico chamado de circuncisão ou postectomia é um procedimento cirúrgico que serve para retirar o prepúcio – pele que recobre a cabeça do pênis.

Este procedimento é considerado ambulatorial e deve ser feita uma anestesia locar para ser realizado ou até mesmo associado com algum tipo de sedação.

Como é realizada a cirurgia de circuncisão?

Existem várias técnicas para retirar o tecido do prepúcio, depois da retirada do mesmo é feita uma sutura circular envolvendo toda região entre a pele e a mucosa remanescente.

No caso de se ter o problema em crianças novas, muitas vezes dispositivos plásticos são usados no intuito de diminuir o tempo da cirurgia e tornar o processo mais simples, mas em alguns casos, serão utilizadas técnicas mais clássicas, vai depender do médico que irá avaliar o caso.

Apesar de ser considerado uma cirurgia simples, sempre procure médicos conceituados e com experiência nesta técnica.

Caso a seja mal feita, resultados na aparência serão notados e este problema dará um efeito insatisfatório para o paciente, além de poder ocorrer complicações severas, como a própria amputação de partes da cabeça do pênis (glande) ou lesões na uretra.

Recuperação

Muitos pacientes sentem mais sensibilidade após a circuncisão, pois quando o pênis entra em contato com a roupa causa um certo desconforto após a postectomia. Mas depois de algumas semanas tudo volta ao normal.

A circuncisão é feita todos os dias em diversos lugares do Brasil e do mundo, muitas vezes estão envolvidos motivos religiosos, principalmente para os muçulmanos e para os judeus.

Indicações Médicas

De maneira geral as indicações médicas estão ligadas à impossibilidade de exposição da cabeça do pênis (fimose).

Geralmente nas crianças, a fimose ou a parafimose poderá causar dificuldade na hora de urinar, deixando o jato da urina mais fino e pode causar dor, infecções locais por fungos e infecções urinárias.

Não podemos deixar de falar sobre a questão da grande quantidade de crianças que já nascem com a fimose, nos primeiros 3 ou 4 anos de vida o problema poderá se solucionar de forma espontânea.

De qualquer forma é interessante procurar um pediatra para poder fazer algum procedimento caso necessário.

Repercussão Sexual

Existem alguns relatos de pacientes que sentiram uma diminuição na potência sexual e retardo na ejaculação após o procedimento cirúrgico da circuncisão, alguns pacientes chegam a reclamar da questão estética também.

Embora existam casos de pessoas insatisfeitas, não existe ainda uma comprovação científica de que a circuncisão poderá ocasionar essas enfermidades.

Muitas das queixas estão diretamente ligadas à parte psicológica dos pacientes e ao completo desentendimento do procedimento que fora realizado pelo médico.

Quando a circuncisão é feita por um excelente profissional que a indicou, as chances de acontecer algum problema são mínimas, sendo uma considerado um excelente procedimento médico.

Lembre-se que a circuncisão não deve ser realizada em pacientes que possuem quadros de ejaculação precoce, somente para a busca da cura da doença. Não haverá efeitos neste sentido, pois esta patologia é feita de maneira medida ao nível do sistema nervoso central.

Saúde à toda prova!

Alguns estudiosos revelaram que a realização da circuncisão/postectomia, poderá reduzir o risco da transmissão do vírus HIV, em populações de alto risco, oferecendo uma pequena proteção a mais.

Mas é interessante que saibamos que o estudo foi elaborado na África, onde existe um alto risco da doença, de maneira nenhuma este procedimento deve ser usado como único meio de prevenção, o preservativo deverá ser mantido.

Outro papel interessante da postectomia é o fato dela diminuir as chances de haver câncer peniano.

Lembre-se que a limpeza higiênica local do pênis, de forma devida, também irá prevenir o câncer peniano.

 

Diego Brasileiro

Comentários

Rodolfo Medeiros

Sobre o autor

Olá, meu nome é Rodolfo Medeiros e sou especialista em estudos da mente masculina. Através de anos de estudo e dedicação, tive muito aprendizado sobre etiqueta masculina, melhoria da líbido, aumento peniano, aumento de virilidade, e várias outros assuntos pertinentes, ao longo deste blog vou te passar com detalhes. Seja muito bem vindo ao Fatos Masculinos.

Saiba mais

Sobre o Escritor

Diego Brasileiro