Fatos Masculinos

Como mudar o pensamento e melhorar a sua vida

como mudar o pensamento e mudar sua vida

Frequentemente, as barreiras que nos impedem de alcançar nossos objetivos ou de nos tornar melhores estão apenas em nossas cabeças.

A consciência determina como nos comportamos em situações difíceis, se podemos lidar com o medo, alcançar o sucesso ou fracassar. Portanto, deve ser alterado.

Como pensar positivamente?

O pensamento negativo nos impede de alcançar as metas. Qualquer oportunidade é vista como uma ameaça, como um presságio do fracasso.

As falhas do passado assombram, focar nelas não nos permite avançar. Tudo que era ruim, vai ser realmente ruim.

O pensamento positivo funciona ao contrário. Tudo o que atrapalha a meta se torna outra oportunidade para alcançá-la.

Se para uma pessoa de mente negativa a falha é um obstáculo que não pode ser superado, para uma pessoa de mente positiva é uma experiência da qual se pode e deve se beneficiar.

Um exemplo simples, mas ilustrativo: um buraco no seu jeans favorito – um motivo para enviar jeans ao lixo.

Por outro lado – a oportunidade de tentar a si mesmo como designer e transformar calças velhas em um modelo elegante com arranhões.

Então, antes de tudo, você precisa pensar positivamente para poder encontrar soluções onde normalmente você enxerga um problema.

  1. Aprenda a se engajar no seu diálogo interno

Diga a si mesmo: “Eu posso fazer melhor” ou “Da próxima vez eu farei melhor” ou algo assim.

De acordo com um estudo recente, essa é uma maneira eficaz de aumentar a produtividade e começar a fazer mais esforços para resolver o problema.

O principal é acreditar no que você diz. Afinal, isso não é mágico, mas trabalho duro consigo mesmo.

  1. Transforme pensamentos negativos em neutros

Não se torture tentando fazer o bem em um segundo. Vá em direção a ele gradualmente.

  1. Entenda que seus pensamentos negativos são apenas pensamentos

Muitas vezes, nossas experiências são infundadas. Pense se o seu tem um motivo real.

Como parar de ter medo do fracasso?

Quantos projetos interessantes morreram no estágio de ideia por causa do medo de alguém de não implementar?

Se todo inventor tivesse medo de cometer erros e desistir, dificilmente você leria este artigo na tela de um smartphone ou laptop, ou iria trabalhar de carro e aproveitar outros benefícios da civilização.

  1. Lembre-se: falha significa que você não fica parado

Erros não são cometidos por quem não faz nada. Se você falhar, este é um sinal claro de movimento em direção à meta.

  1. Pense no fracasso como uma experiência que o ajuda a melhorar

Provavelmente, você não cometerá o erro novamente. Você encontrará suas fraquezas e na próxima vez em que fará diferente.

E se falhar novamente? Então, você ganhará experiência novamente. E assim por diante até você alcançar o que está indo.

Todo fracasso é uma lição valiosa.

Faça a si mesmo perguntas do tipo:

  • O que essa situação me ensinou?
  • Como posso me beneficiar disso?
  • Quais são os aspectos positivos disso?

Você verá que tudo pode ser útil e você pode aprender com esses erros.

  1. Não identifique a falha consigo mesmo

Você não precisa pensar que é um fracasso porque comete erros ou não consegue.

Você seria ele se não tivesse aprendido com isso e parado por medo de que a situação volte a acontecer.

  1. Prepare-se para as dificuldades e decida como vai lidar com elas

Os cientistas descobriram que apenas atitudes positivas não são suficientes para lidar com a negatividade.

Os indivíduos foram convidados a apresentar na semana seguinte. O primeiro grupo deveria pensar exclusivamente positivamente, e o segundo – como entender.

Acontece que as pessoas que viam um futuro maravilhoso eram menos enérgicas e faziam menos que o resto.

O equilíbrio entre pensamentos positivos e a vontade de lidar com as dificuldades é mais eficaz do que uma atitude otimista.

  1. Não se concentre no problema, mas em sua solução

Pensamentos sobre um problema requerem energia e tempo, que são mais bem gastos em resolvê-lo.

Não pense no fracasso, tente evitá-lo. Isso não apenas salvará você de um estresse desnecessário, mas também ajudará a identificar pontos fracos.

Como desenvolver uma mentalidade de crescimento?

Pessoas com pensamento fixo vivem com um quadro mental. Eles têm certeza de que é impossível mudar e desenvolver talentos em si mesmos e, quando encontram dificuldades, sentem uma sensação de desamparo e desesperança.

Os possuidores de pensamento de crescimento acreditam que podem se tornar melhores, se esforçar para desenvolver e aprender coisas novas.

E tudo o que eles têm é apenas o começo, e podem alcançar mais. Eles apenas sabem discernir uma oportunidade no fracasso e a percebem como uma experiência útil para atingir a meta.

  1. Mude sua atitude em relação às falhas

Quando você aprender a perceber o fracasso como parte do seu caminho para o sucesso, esse mesmo caminho se tornará mais fácil e suas chances de alcançar o fim aumentarão.

  1. Prepare-se para as dificuldades

Se você costumava andar por um caminho reto ao longo do campo, agora você tem que subir o topo da montanha. E isso não é fácil.

  1. Foco no crescimento e desenvolvimento pessoal

Interesse-se por coisas que você não conhece. Faça mais do que antes. Levante a barra, não pare por aí. Pare de aceitar seus conhecimentos e habilidades como algo inalterado que vem com você.

Em vez disso, imagine que você é uma embarcação com apenas um terço da capacidade e pode aprender muito mais.

  1. Seja persistente e determinado

Se você desistir, retornará ao início e novamente se tornará refém do pensamento fixo. Pense no trabalho que já foi feito até ali.

Como sintonizar o pensamento da abundância?

como mudar o pensamento

Pessoas com uma mentalidade deficitária acham que não há recursos suficientes para todos.

Paulo Vieira faz uma analogia interessante em seu livro, Poder e alta performance: O manual prático para reprogramar seus hábitos e promover mudanças profundas em sua vida.

Pessoas com pensamento deficiente estão convencidas de que existe apenas uma torta no mundo e que, se alguém tomar um pedaço de si mesmo, obterá menos. Tal posição leva a pensar no espírito de “vencer / perder”: se você vencer, eu perco, mas não posso permitir isso.

Pessoas com pensamento abundante acreditam que há muitas tortas e não há perdedores: todos ganharão e receberão sua própria peça (ou mesmo nenhuma).

  1. Pense no que você tem

Concentre-se nisso. Coisas tangíveis ou intangíveis não são importantes.

Você precisa aprender a pensar em abundância e agradecer pelo que tem.

  1. Compartilhar

Conhecimento, por exemplo. Ou participe de um evento de caridade. Se você pode compartilhar algo, então tem bastante.

Como pensar proativamente?

Aqueles que pensam reativamente dependem de fatores externos. Eles não desempenham um papel ativo na vida, mas simplesmente seguem o fluxo.

Pessoas com pensamento proativo não culpam a situação ou as pessoas ao seu redor se algo der errado, mas assumem a responsabilidade por suas vidas.

Eles sabem o que podem e não podem mudar e se concentram no primeiro.

Um livro interessante para você conseguir entender o núcleo total dessa ideologia de vida é ler o livro, O Poder da Ação do grande Paulo Vieira.

  1. Comece

Dirija do banco do passageiro e comece a gerenciar sua vida. Em vez de dizer: “O tempo está ruim demais para correr”, diga: “Está chovendo lá fora, mas está seco em casa”. Para que eu possa fazer outros exercícios.

O ponto principal é deixar de ser refém de situações e agir independentemente do que está acontecendo ao redor.

  1. Livre-se das frases de pensamento reativo

Esqueça:

  • Não posso porque…
  • Se eu pudesse, eu faria.
  • Eu tive que…
  • Então, houve circunstâncias.

E tente:

  • Eu vou encontrar uma alternativa.
  • Eu consigo.
  • Esta é a minha decisão.
  • Eu também quero.
  1. Assuma a responsabilidade por sua vida

Não perca seu tempo com coisas insignificantes e não fique com raiva quando algo der errado.

O ônibus não chegou a tempo? Saia mais cedo, leve um livro com você para não perder tempo, entregue seus direitos e economize para um carro, mas não se torne vítima de circunstâncias. Deixe-os trabalhar para você.

Ninguém prometeu que seria fácil e rápido. Mas quem, se não você, o ajudará a melhorar e ter sucesso?

Ame falhas, deixe de ser refém de situações e acredite: todos podem vencer.

Leia também

Diego Brasileiro

2 comments

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdos Exclusivos

Entre com seu melhor e-mail e receba conteúdos que você não encontra de graça por aí:

Desenvolvido por FeedBurner

Sobre o autor

Olá! Me chamo Rodolfo Medeiros e atualmente estudo a mente humana. Sou formado em psicologia e tenho me dedicado a entender comportamentos humanos específicos, a sexualidade e outros temas que iremos abordar aqui. Seja sempre muito bem-vindo aos Fatos Masculinos.

Sobre o Escritor:

Diego Brasileiro

Posts