Fatos Masculinos

Sexo na pornografia vs sexo na vida: por que não confundir fantasia e realidade

sexo fantasia e realidade

A paixão pela pornografia leva um pouco de cabeça às pessoas certas normas que são erradas e até prejudiciais para aplicar ao sexo na vida real.

Eu curto pornografia,  eu assisto sozinho e com minha parceira, às vezes durante a masturbação, às vezes da melhor forma, rs.

Isso ajuda-me a ficar excitado e a terminar, ensina técnicas curiosas, dá prazer estético. Mas, apesar de todo o meu amor pela pornografia convencional, ela tem várias falhas.

Sobre tempo e cenários

No quadro:

Meia hora para sexo deslumbrante – é isso. Um prelúdio? Mas quem precisa, estamos prontos o tempo todo.

Nos bastidores:

Tempo é dinheiro, pessoal! Você sabe quanto custa uma hora no site? Nós movemos, meia hora no palco – a beira. E não nos afastamos da fórmula: 2 minutos de preliminares + 4 minutos de oral + 10-15 minutos de sexo vaginal. A cortina.

De fato:

Não estamos atrasados ​​para o trem, estamos? O sexo pode durar o tempo que você quiser, pelo menos 20 minutos, pelo menos uma hora, pelo menos duas. Claro, você pode fazer sexo rapidamente, mas não sempre.

Prelúdio e sexo oral não é um excesso e nem um capricho, mas parte do processo. Ninguém está acima de nós com um cronômetro, e não há fórmula. Isso é sexo, não matemática.

Sobre orgasmos

No quadro:

Ela termina em qualquer posição, com qualquer nível e tipo de estímulo, e ele nunca perde uma ereção e sempre termina no final, como se estivesse sob comando.

Nos bastidores:

Ela não pode gozar? Nada para se preocupar. Apenas finja, querida. Ele terminou? Nós desligamos.

De fato:

Algumas mulheres acabam fazendo sexo vaginal. A maioria é de estimulação do clitóris. Parte – de dupla exposição. Não existe um orgasmo feminino “certo”.

Com os homens, tudo também não é fácil. Os atores podem manter uma ereção por horas e atrasar o orgasmo, isso faz parte de sua profissão. Nem todos os homens conseguem.

Além disso, o sexo não precisa terminar com um orgasmo masculino. Ou mulher.

O sexo não deve ser uma corrida ao orgasmo. Ou competição, que é mais rápida.

Existem vencedores e perdedores na competição. Você pode pensar que não há complexos e problemas suficientes relacionados ao sexo. Por que adicionar outro?

O sexo é uma dança ou, se você preferir, o movimento de uma onda. Tem fluxos e refluxos. Ele terminou? Ela terminou? Ótimo. Descansamos e continuamos.

Sobre poses

No quadro:

A pose mais legal é que, com as pernas afastadas, penduradas no ar, apoia os cotovelos na cama, agacha-se levemente em um ângulo muito confortável e sexy!

Nos bastidores:

O operador grita: “Não, não, essa pose não é adequada! Abra bem as pernas. E você se vira um pouco, caso contrário o espectador não pode ver nada”.

De fato:

“Querido, se eu abrir minhas pernas ainda mais, ficarei rasgada ao meio. E, em geral, não trabalhamos para o público. Vamos fazer o que quisermos. E para que amanhã possamos acelerar”.

Sobre aparência

No quadro:

Os pelos pubianos são um mito, isso não acontece. Todos os homens são machos altos e musculosos. Todas as mulheres são loiras com peitos enormes. Acne? Celulite? Gordura? Estrias? Nunca ouvi falar.

Nos bastidores:

Padrões de aparência para atores e atrizes. Academia e dietas, viagens para massagens e para o cosmetologista não são apenas um modo de vida, mas parte do trabalho e garantia de ganhos.

A escolha do ângulo de disparo, iluminação adequada. Tonnik da cabeça aos pés. Há uma lente especial na câmera. Tudo deve parecer perfeito. Isso é fantasia, querida.

Tori Black e outras estrelas, porno com e sem maquiagem. Gente, desculpe se isso lhe deixar perplexo, rs!

De fato:

Isso é realidade, querida.

Gordura, estrias, celulite, acne e pelos pubianos não são um crime, e também acontecem com estrelas da pornografia, simplesmente não vemos.

É claro que a saúde e a boa forma são importantes, mas por que levar os requisitos para você e seus parceiros ao ponto do absurdo?

Até as próprias estrelas pornôs não se parecem com a imagem perfeita que vemos na tela.

Precisamos ser sensatos e viver o hoje, o agora, quando queremos algo perfeito demais, ficamos com o sentimento que estamos vivendo o amanhã.

De que adianta fazer isto?

Sobre os órgãos genitais

No quadro:

Nos homens, entre suas pernas, existem 18 dos centímetros mais diretos do mundo e muito mais. Ela tem um “slot de moeda”, rs.

Nos bastidores:

Mais uma vez, lançando. Um membro comum e uma vagina comum não estão interessados ​​em pornografia, você precisa de um ideal (por mais mítico que seja).

De fato:

O comprimento médio do pênis no estado ereto é de 13 a 15 centímetros, e a vagina é muito diferente em cor e forma.

Sobre Comunicação

No quadro:

Todo mundo é bom, todo mundo gosta de tudo. Não há necessidade de discutir nada, os parceiros se entendem sem palavras.

Nos bastidores:

Um contrato para o estágio é assinado. Duração, quem faz o quê e com quem, com ou sem sexo anal, com ou sem camisinha – tudo é combinado e fixado.

A maioria dos atores e atrizes experientes já trabalhou uns com os outros e quase sabem o que esperar, e discussões, e conflitos que, apesar da preparação, surgem inevitavelmente durante as filmagens, permanecem na mesa de edição.

De fato:

Esta é uma palavra sobre comunicação. Ela é necessária. O que acontece nos bastidores da pornografia também deve acontecer na vida.

Mesmo com um parceiro comum, é melhor não colocar objetos diferentes um no outro em diferentes furos sem permissão.

Sobre problemas técnicos

No quadro:

Os músculos não cedem, o clitóris não se tornam hipersensíveis, o sexo anal não causa desconforto, os corpos suados não emitem sons engraçados. Nunca!

Nos bastidores:

Publicar. Assim mesmo. Mas isso acaba sendo o mesmo que descobrir quem, quando, onde e o que será inserido – no lixo.

De fato:

Às vezes, especialmente depois do sexo em um estilo cachorrinho, ou simplesmente com uma penetração muito profunda e intensa, a vagina libera ar, que é muito, muito parecido com a liberação de gases.

Isso acontece o tempo todo. Isso já aconteceu comigo mais de uma vez. Mas na pornografia você nunca verá isso.

O problema nem é que essas coisas não sejam mostradas. É fácil esquecer o fato de que o constrangimento é uma parte normal do sexo.

Sobre tudo e um pouco mais

Pornografia não é sexo, mas a ideia de sexo, um tipo de abstração, e o que está acontecendo é amplamente simplificado e destilado para remover a “coceira” sexual da plateia o mais rápido possível e com uma garantia total.

Não vou falar sobre o vício em pornografia (embora esse seja um problema muito real), mas sobre o efeito suave do conteúdo que consumimos na mente.

Imerso na fantasia, tente não afogá-lo.

Aprenda a gostar da pornografia como algo pessoal, sem transferir seus padrões para a sua vida sexual.

O primeiro é o filme. O segundo é a realidade. Nós não vamos interferir com o quente ou com o macio.

Acima de tudo, simplesmente faça o que gosta, pergunte se seu parceiro (a) está bem com suas atitudes na cama e faça o melhor que puder para proporcionar um sexo de qualidade.

Feche os olhos, esqueça de tudo, fixe ali, aquele momento é especial e merece que você simplesmente se entregue.

Artigos Relacionados:

Diego Brasileiro

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdos Exclusivos

Entre com seu melhor e-mail e receba conteúdos que você não encontra de graça por aí:

Desenvolvido por FeedBurner

Sobre o autor

Olá! Me chamo Rodolfo Medeiros e atualmente estudo a mente humana. Sou formado em psicologia e tenho me dedicado a entender comportamentos humanos específicos, a sexualidade e outros temas que iremos abordar aqui. Seja sempre muito bem-vindo aos Fatos Masculinos.

Sobre o Escritor:

Diego Brasileiro

Posts