Fatos Masculinos

As 6 zonas erógenas mais subestimadas

zonas erogenas

Os órgãos genitais, tórax, pescoço e lábios são locais comuns nos quais a atenção é concentrada durante o sexo. Mas ainda existem muitas zonas erógenas que são negligenciadas.

Pensando nisto, hoje vamos te mostrar neste artigo, quais as zonas erógenas são esquecidas e ainda, aquelas que você nem imaginava que daria uma boa sensação sexual à sua parceira.

1. Os Pés

zona erogena nos pes

Brincadeiras com os pés não são apenas para quem sabe de fato brincar. De fato, dedos e pés são muito sensíveis, portanto, tocá-los pode proporcionar muitas sensações agradáveis, mas se não fizer corretamente, você pode fazer “cosquinhas”.

Para que você acerte a mão, faça movimentos firmes e suaves ao mesmo tempo, em um determinado momento você vai sentir, olhando para os resultados disto, nas ações de sua parceira.

Na reflexologia (prática médica alternativa, baseada no impacto em áreas especiais dos pés, mãos e ouvidos), certos pontos são responsáveis ​​pela excitação sexual.

Uma massagem relaxante nos pés é uma ótima maneira de encontrar esses pontos.

2. As Costas

zonas erogena nas costas

Outra área bastante extensa onde as terminações nervosas estão concentradas. Tente caminhar com os dedos pela espinha de sua parceira ou beijá-la gentilmente, permanecendo nos lugares em que ela começa a respirar mais fundo ou a gemer mais.

Uma massagem relaxante nas costas após um dia de trabalho é outra maneira de despertar. Não só alivia o estresse, mas também aumenta o fluxo sanguíneo para a pelve.

3. A Barriga

zona erogena na barriga

O abdômen é tão erógeno que algumas mulheres podem ter um orgasmo forçando seus músculos. Mas mesmo que o parceiro não seja capaz disso, o toque sensual em seu estômago, em qualquer caso, lhe dará prazer.

4. As Nádegas

zona erogena nas nadegas

O lugar onde você pode dar rédea livre para suas mãos. Alguém gosta de chinelos e compressão bastante forte, alguém prefere toques mais leves.

Resta apenas escolher o método certo, que será agradável para ambos os parceiros.

5. Os Cotovelos e joelhos

zonas sexuais nos cotovelos e joelhos

Essas áreas do corpo provavelmente são subestimadas com mais frequência. E em vão. Nos lados internos dos cotovelos e joelhos, muitas terminações nervosas estão concentradas, as quais apenas aguardam sua atenção.

Alguns toques podem ser agradados. Mas se você beijar, massagear suavemente ou até morder essas zonas, definitivamente vai agradar sua parceira.

6. O próprio cérebro

zona-erogena-no-cerebro

O desejo sexual nasce nele, portanto, estimule-o de todas as maneiras possíveis. Crie uma atmosfera romântica, tente manter o contato visual e use os perfumes favoritos da sua parceira.

Não se esqueça de se comunicar (um sussurro gentil e uma conversa suja funcionam igualmente bem). É melhor fazer isso antes da reunião enviando uma mensagem divertida e apaixonada.

Conclusão

Cada corpo é individual, portanto, as zonas erógenas podem variar. Tire um tempo para explorar a paisagem sexual um do outro e encontrá-los. Essa atividade certamente trará prazer e, possivelmente, algumas descobertas.

Leituras que vão te interessar:

Diego Brasileiro

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdos Exclusivos

Entre com seu melhor e-mail e receba conteúdos que você não encontra de graça por aí:

Desenvolvido por FeedBurner

Sobre o autor

Olá! Me chamo Rodolfo Medeiros e atualmente estudo a mente humana. Sou formado em psicologia e tenho me dedicado a entender comportamentos humanos específicos, a sexualidade e outros temas que iremos abordar aqui. Seja sempre muito bem-vindo aos Fatos Masculinos.

Sobre o Escritor:

Diego Brasileiro

Posts